O NewHub tem evoluído constantemente nos últimos 2 anos, sempre mantendo um olhar atento sobre o feedback de nossos clientes.

Ao longo de várias iterações do produto com contribuições valiosas de todos eles, evoluímos de uma solução MVP simples que ajudou a centralizar o conteúdo do Qlik Sense organizado em grupos e subgrupos personalizados, até termos uma solução abrangente para clientes do Qlik Enterprise e do QAP que resolve muito mais do que apenas uma organização de conteúdos Qlik.

Este é um mês importante para nós na Cluster: a versão 3.0 visa o NewHub amadurecendo no que finalmente faz virar o jogo para o que nossa equipe originalmente imaginou quando começamos nesta trajetoria: entregar uma opção de redesenho automático para aplicativos nativos do Qlik Sense por meio do recém-criada camada visual de “Cluster App”. Esse recurso altera essencialmente toda a interface de como os aplicativos nativos do Qlik Sense são renderizados na tela, sem a necessidade de construir um mashup.

Captura de tela de um aplicativo Qlik Sense nativo sendo renderizado dentro do NewHub com a ajuda do “Cluster App”

Em resumo, a partir de hoje, todos os clientes NewHub poderão desfrutar de uma experiência UX verdadeiramente otimizada para dispositivos móveis ao interagir com o Qlik Sense, uma vez que abram seus aplicativos nativos dentro do portal NewHub. Graças ao “Cluster App”, isso agora é uma possibilidade simplesmente clicando em uma caixa de seleção no painel de administração do NewHub. Isto transformará qualquer aplicativo Qlik Sense nativo em um Mashup cuidadosamente desenhado para se alinhar visualmente com o tema geral do NewHub. No processo, garantimos também que toda a experiência permaneça acionável, viável e acessível para analisar painéis desde qualquer lugar em dispositivos móveis.

Habilitando o “Cluster App” no painel de administração com um só clique

O “Cluster App”, que vem junto com o lançamento do NewHub 3.0, agora está disponível para todos os clientes pagos do NewHub. Entre em contato para saber mais e como essa nova máquina de renderização automática de “mashups” pode ajudar a melhorar o envolvimento do usuário em todas as soluções de BI executadas com o Qlik Sense.